terça-feira, 12 de julho de 2016

O MINIMO QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA NÃO SER UM PASPALHO II

O MINIMO QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA NÃO SER UM PASPALHO PT. 2





2- Seja humilde. Pelo menos comigo, o que mais me irrita em participantes novos no fórum são os arrogantes. Por mais que seja um cara inteligente e que saiba o que está falando, se tu é novo mas arrogante, perde toda a moral e abre precedentes para que logo seja visto como imbecil polarizador misógino. Alguns podem me achar um tanto quanto arrogante, mas reparem vcs que eu NÃO SOU JUVENA, e quando eu comecei a a participar dos fóruns, eu ficava na minha e ouvia muito mais que postava, mesmo já conhecendo a real a anos. Sou assim até hj, só perco a paciência com imbecis que tem medo de pôr a cara pra fora da janela, mas acham que conhecem as pessoas e o mundo porque leram meia dúzia de artigos. 

Humildade é uma característica altamente masculina também. Jovens que estão começando em um novo ambiente devem adquirir essa característica para poderem evoluir como homens, e não como moleques que acham que sabem tudo do mundo. Sabedoria em admitir que não sabemos praticamente nada, e que qualquer pessoa, por mais estúpida que vc acha que ela seja pode te ensinar alguma coisa, advém dessa característica. No caminho para se tornar homem de valor, humildade é fundamental, pq sem ela vc não aprende muita coisa e também não transmite nada. Sendo que masculinidade tem como um dos pilares principais ser útil, se vc não agrega nada a ninguém, não será visto como homem. 

Lembrando das coisas que eu falei acima, a força da comunidade masculina ao longo da história se dá por meio da cumplicidade e união de forças. Um homem numa tribo tinha muito mais chances de sobreviver do que um andarilho que vivesse de forma reclusa. Porém a individualidade de cada um era fundamental, e com isso a boa convivência destes homens violentos sempre se deu por meio da humildade de um para com o outro. É eu saber que mesmo eu sendo um cara muito habilidoso, o membro mais velho e que tem mais tempo de vida, tem uma voz mais pesada que a minha, ou que esse meu companheiro que parece ser meio estúpido em muitos aspectos, tem algo de valor a me oferecer e eu posso aprender com ele. O único tipo de homem que não merece respeito, nem ser tratado com base em humildade é o covarde, lembre-se. Claro que vc tem que saber colocar suas ideias e posições de forma corajosa e solene, mas sempre com respeito, principalmente aos mais velhos e aos que emanam mais valor que você. 
Isso entra numa questão muito interessante que é esquecida por muitos, que é a concretude que o maior tempo de vida tem em relação com a juventude. 

Hoje, a juventude é exaltada de forma doentia. Os jovens é que dizem o que é certo e é errado, seja na sociedade de uma forma em geral ou dentro das nossas casas. Aos pirralhos fedorentos foi dado a autoridade de mandar, principalmente por causa de pais frouxos que só pensam em mimar as suas crias. E é essa tendência que os juvenas paus no cu tem a mania de reproduzir por onde quer que passem, inclusive aqui nos fóruns e em qualquer ambiente novo que frequentem. A ignorância, o mimimi e a histeria são a regra geral não é por acaso. Como já disse o velho Olavo, quando os jovens tem o poder de dizer o que é certo e o que é errado dentro de uma comunidade, nada de bom devemos esperar.  

Entenda que vc ter mais tempo de vida é uma benção e não uma maldição como somos ensinados a acreditar. Homens experientes tem coisas concretas as quais se gabar, as quais falar. Coisas que fizeram, que experimentaram, que viram e viveram. Construíram coisas, tiveram mulheres, tiveram filhos, escreveram um legado e estão mais próximos do descanso merecido e eterno, mesmo tendo errado em muitas coisas. Pense que maravilha é saber que logo vc poderá descansar eternamente sem ter aquele peso incomodo avassalador na consciência de não estar fazendo nada. Quando vc está vivo nesse mundo implacável que te cobra ação, que te cobra incessantemente resultados, se vc só descansa, ou seja, se vc é inerte, algo de ruim acontece com seu psicológico. 

Você percebe que é inútil e sua existência passa a ser sem sentido, o que causa em vc profunda depressão e revolta com a realidade. Por isso os casos de suicídio são muito mais comuns em jovens, pois estes querem o descanso sem terem feito NADA. Partindo do pressuposto posto acima, jovens diferentemente dos mais velhos, não tem nada de concreto, nada realizado. Apenas idealizações e conjecturas que podem nunca chagar e acontecer. Vivem em um mundo de ilusão num futuro imaginário, enquanto o presente passa na frente das suas fuças. Quando se dão conta que não tem nada, que não fizeram nada e que muito tempo já passou, a depressão e o incomodo do fracasso batem violentamente na porta. 

[Imagem: 02_PHG_MUN_CHINA1.JPG]
Ser velho pode não ser tão ruim assim

O homem que vive o presente verdadeiramente entende que o nosso maior recurso é o tempo. 

Fica claro mais uma vez que o que importa para nós homens, é o nosso valor. É o que temos a oferecer, é o que realizamos. Por isso o legado e tradição são tão importantes para nós. É a assinatura nossa e da nossa linhagem na eternidade. Um homem que não fez nada, que não teve família, que não ensinou nada é como se não tivesse existido. Nossa necessidade de acasalar é bem mais forte do que a das mulheres pelo fato dessa urgência de mostrarmos nosso valor e por nossa descartabilidade biológica que eu já expliquei acima. Entender muito bem esses pontos te fará encarar a vida com mais humildade.

Quando vc tiver a humildade de perceber que por mais que você se um sujeito estudado e informado, mas sem experiência prática, o que vc sabe tem pouco valor real, pois vc não SE pôs a prova. Tu vai passar a ter mais respeito com seus pais, seu avô, com aquele velhinho da padaria, com os membros mais antigos dos fóruns, etc. A arrogância da juventude é explicita é um mal que está minando e implodindo a masculinidade. Eu digo implodindo pq essa é uma atitude que faz com que os próprios homens destruam a comunidade e cumplicidade masculina que sempre existiu. 

Chesterton já disse que tradição é uma forma de reverência. É uma forma de prestar homenagem aos nossos antepassados. É dar voz a essa experiência passada por homens antigos na juventude da nossa realidade. Homens arrogantes desprezam quase que totalmente essa reverência e acabam se esquecendo de muitos pontos importantes que fizeram que a comunidade masculina fosse erigida. Não é à toa que vivemos um colapso. Os homens não sabem mais o que é ser homem justamente por não prestar essa reverência ao homem do passado. 

Nos foi dito por pais emasculados e mães super protetoras, por pedagogas e psicólogas vagabundas, tutores e professores esquermerdistas que somos especiais simplesmente por existir. E NÓS ACREDITAMOS NISSO. Quando nos damos conta que a realidade é bem diferente, que não temos nada de especial e que a natureza quer que sejamos destruídos para outro coisa melhor e mais útil possa ser feita, ai entramos e colapso e se vemos sem rumo. Nosso mundo maravilho onde éramos o centro de todo o universo desmorona. A ideia de que tudo girava em nosso entorno é destruída. Ai vamos nos fóruns da vida perguntar o que fazer, pois não temos nem a coragem de descobrir por conta própria. Descobrimos que o mundo é cruel e temos medo dele. 

Ai o juvena tem duas opções. Uma é admitir que é um merda que sua existência é insignificante, entende o que foi escrito no item 1, cria um pouco de coragem para realizar alguma coisa e passa a agir com humildade perante os demais, que já conquistaram ou fizeram alguma coisa concreta, por menor que seja, tentando aprender algo. Ai ele anda para frente. Ou passa a se isolar do mundo como uma forma de autodefesa, acreditando unicamente em crenças que julga ser o mais correto, e por nunca pô-las em pratica, acaba sempre se polarizando nos julgamentos. “Todas são putas”, “a humanidade é um lixo”, “todo mundo é imbecil desonrado e retardado”, “não existe amizade verdadeira”, “a única coisa que importa é o dinheiro” ... enfim. 

É importante dizer que humildade não é ser paspalho que diz sim pra tudo e todos. Você tem a sua dignidade, tem consciência do seu valor e não vai se submeter a qualquer desonrado que queira tirar proveito de você. Porém aqui entra mais uma vez na equação o seu valor (o que vc faz, o que tem a oferecer) como ser humano. Se vc não tem valor nenhum, não vai ter um julgamento preciso de quais são os limites que terceiros não podem passar nas relações contigo, assim vc pode tanto ser um isolado revoltado com o mundo, ou um sentimentalzinho que se entrega a qualquer demonstração de afeto amizade e carinho. Não é difícil perceber que assim tu vira presa fácil e pode ser levado em qualquer direção, sem se dar conta disso. 

Fora todos os malefícios já citados, ser inútil covarde, faz com que vc tenha uma baixa consciência de si mesmo, te tornando arrogante de mais ou paspalho de mais. 

Porque quando entramos em conflitos, seja no mundo corporativo, seja nos esportes, seja no campo de batalha, percebemos que por melhor que nós somos, por mais que tenhamos feito, sempre tem um cara melhor que nós. Sempre tem alguém que parece nos superar. Esse paradoxo de se sentir foda e ao mesmo tempo um merda é que faz com que grandes homens olhem com humildade a vida. Isso nos remete aos ensinamentos estoicistas de que não temos controle as coisas externas a nossa vontade. Até nosso corpo pode ser retirado de nós a qualquer momento. Não podemos mudar a vontade das pessoas (talvez influenciar) só as nossas mesmo e como vamos reagir as coisas que nos acontecem. Entender isso te dá mais tranquilidade e humildade perante a vida, pois vc percebe que sempre pode escolher como quer viver. A escolha é sua. A sua vida pode ser um mar de merda e desgraças constantes, muito disso vc não poderá mudar. Mas como vc vai reagir a isso, se se acovardando e se deprimindo, ou arregaçando as mangas e não se entregando, é escolha única e exclusivamente sua. Citando estoicistas, Epicteto era um escravo que sabia que sua condição não poderia ser mudada por sua vontade. Ele entendeu que se amargurar por isso além de inútil ia fazer com que a sal existência fosse ainda pior. Ele escolheu não se abater por isso. Tanto que escreveu um livro sobre estoicismo que é lido e praticado até hj. 

Essa percepção de como as coisas funcionam, e que sua vida pode acabar a qualquer instante sem que vc possa fazer nada para reverter, te dará mais humildade e gratidão pelo que já tem. Então juvena, seja humilde. E vamos ao próximo item.

CONTINUA...